Arquivos do Blog

Dolores Cannon: Almas Voluntárias – Universo complicado

Dolores Cannon é uma terapeuta que lida com hipnose. Ela fazia o mesmo processo que Brian Weiss e começou a descobrir não apenas vidas passadas, mas também pessoas que reportavam vidas em outros planetas e pessoas que eram provenientes de planetas mais avançados, mas que vieram para a Terra como VOLUNTÁRIOS e não porque estavam pagando algum carma ou porque eram maus em outro planeta, como os espíritas falam dos capelinos.

Você é filho do universo

970027_543213289054595_857263813_n“Você é filho do universo. Você pertence a esta linda existência. Esta existência precisou de você, caso contrário você não estaria aqui. E ela precisou de você do jeito que você é, de outra forma ela não o teria criado do jeito que você é.
Você é tão necessário como as árvores, como as flores, como os pássaros, como o sol, como as estrelas. Você tem de estar aqui e você tem o direito de ser do jeito que você é. Afirme-se como você é. Nunca sinta-se culpado.”

Osho

Você ama a Deus? Ou você é temente a Deus ?

Redação do Momento Espírita com base no cap. 1, itens 23 e 25 do livroA gênese, de Allan Kardec, ed. Feb;  no cap. 21 do livro Filho de Deus, pelo Espírito Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal e no texto das páginas 22/23 da Revista O espírita, de out/dez 1995, nº 90. Disponível no cd Momento Espírita, v. 1 , ed. Fep. Em 03.10.2011.

Fonte:http://www.momento.com.br/

Explosão Brilhante na Lua

Nesta semana que passou, pesquisadores por meio dos telescópios da NASA conseguiram capturar um explosão brilhante de forte magnitude na superfície da LUA.

Segundo a NASA, este evento foi resultado do choque de um meteorito com a LUA. Eventos como este ocorrem com frequência, pois a LUA não possui atmosfera como a Terra.

Do ponto de vista de imagem, o que vemos é apenas um ponto brilhante se formando e se extinguindo rapidamente na superfície da LUA. A explicação é bastante plausível e lógica. Entretanto sugiro que assistam o vídeo e tirem suas próprias conclusões.

O universo é eterno e você também

Cada pessoa no planeta e cada Consciência individual no Universo estão tendo a mesma experiência ao estar aqui e tendo o desejo de estar aqui. Em outras palavras, esta é a promessa desse Universo eterno. Você está sempre, sempre, sempre em seu caminho por algo mais – sempre. E quando você relaxar e aceitar isso, e parar de se debater por não estar no lugar em que não está e, ao contrário, começar a acolher o aonde você está enquanto mantém seu olho no aonde está indo – daí a vida se torna realmente, realmente, realmente divertida.

[Abraham]

Do Seminário em Asheville, NC/USA, em 25/Out/2003 – # 446
Publicado em www.abraham-hicks.com em 20/Maio/2012
TRD:LL/SP/SP/BR

Todo o universo o está ajudando a crescer

Tudo que você fizer precisará de muita ajuda visível e invisível. Algumas vezes você pode não estar consciente, mas muitas correntes de ajuda estão à sua volta, auxiliando-o; muitas fontes estão se derramando sobre você. Você ficará consciente disso somente no final, quando você tiver chegado. Então você perceberá que tem que agradecer a todo o universo.
(Osho)

Vamos falar de ascenção planetária e cinturão de fótons?

1,2,3,4,5,6…12 segundos caminhando para 1 minuto, seguindo para 1 hora após 24 e mais 1 dia completará mais 1 semana que concluirá 1 mês e começaremos mais 1 ano. E assim viemos e vamos. Os átomos se movimentam, a Terra se movimenta promovendo o nosso tempo com suas rotações em torno de seu eixo. Junto a Terra todos os planetas do nosso sistema solar também girando ao redor do nosso sol local. Nosso sol local com todo o nosso sistema giram em torno do Sol Central, Alcione.

Alcione é envolvida por um anel magnético chamado cinturão de fótons, e cada passagem da Terra sob este cinturão é necessário aproximadamente 12.400 anos, ou seja meio ciclo. Foi na Lemúria e depois Atlântida, agora com esta atual humanidade. Pela primeira vez há a chance de passarmos pelo cinturão em corpos vivos. Toda a hierarquia cósmica está focada neste evento planetário inédito. Eles, através de canalizações e centenas de outras ações estão nos orientando a elevarmos a nossa vibração energética.
Leia o resto deste post

China faz acoplagem de naves espaciais pela primeira vez

É a primeira vez que outro país, além de Rússia e EUA, faz encontro.
Chineses querem fazer nova missão tripulada ao espaço em 2012.

O primeiro acoplamento espacial de duas naves espaciais chinesas, a Shenzhou 8 e a Tiangong 1, foi concluído com sucesso nesta quarta-feira (2) durante a órbita dos dois veículos não tripulados ao redor da Terra, segundo as imagens ao vivo exibidas pela emissora estatal chinesa ‘CFTV’.

À 1h36 local de quinta-feira (15h36 de quarta-feira de Brasília), a Shenzhou 8 (que em mandarim significa “barco divino”), lançada nesta terça-feira, se acoplou ao módulo Tiangong 1 (“palácio celestial”), em órbita desde 29 de setembro, quando ambas sobrevoavam o território do país.

Televisão chinesa transmitiu momento da acoplagem  (Foto: Reprodução/CFTV)
Televisão chinesa transmitiu momento da acoplagem (Foto: Reprodução/CFTV)Televisão chinesa transmitiu momento da acoplagem (Foto: Reprodução/CFTV)
Leia o resto deste post

Uma Estrela com Braços Espirais / A Star with Spiral Arms

Oct 31, 2011: For more than four hundred years, astronomers have used telescopes to study the great variety of stars in our galaxy. Millions of distant suns have been catalogued. There are dwarf stars, giant stars, dead stars, exploding stars, binary stars; by now, you might suppose that every kind of star in the Milky Way had been seen.

That’s why a recent discovery is so surprising.  Researchers using the Subaru telescope in Hawaii have found a star with spiral arms.

A Star with Spiral Arms (spiral splash, 558px)

Two spiral arms emerge from the gas-rich disk around SAO 206462, a young star in the constellation Lupus. This image, acquired by the Subaru Telescope and its HiCIAO instrument, is the first to show spiral arms in a circumstellar disk. The disk itself is some 14 billion miles across, or about twice the size of Pluto’s orbit in our own solar system. (Credit: NAOJ/Subaru) [larger image]

Estranhas Cavidades Encontradas em Mercúrio – Strange Hollows Discovered on Mercury

Oct 24, 2011: A nave messenger da NASA acaba de descobrir estranhas cavidades na superfície de mercúrio. Imagens tomadas a partir de sua órbita relevam depressões incomuns em diversas áreas do planeta, com tamanho de 60 pés à mais de uma milha e profundidades de 60 à 120 pés. Até agora, ninguém na NASA sabe como elas se formaram.

Oct 24, 2011: NASA’s MESSENGER spacecraft has discovered strange hollows on the surface of Mercury. Images taken from orbit reveal thousands of peculiar depressions at a variety of longitudes and latitudes, ranging in size from 60 feet to over a mile across and 60 to 120 feet deep. No one knows how they got there.

“These hollows were a major surprise,” says David Blewett, science team member from the Johns Hopkins University Applied Physics Laboratory. “We’ve been thinking of Mercury as a relic – a place that’s really not changing much anymore, except by impact cratering. But the hollows appear to be younger than the craters in which they are found, and that means Mercury’s surface is still evolving in a surprising way.”

Sleepy Hollows (splash, 558px)

Hollows inside the Raditladi impact basin. Credit: NASA/Johns Hopkins University Applied Physics Laboratory/Carnegie Institution of Washington [larger image]
Leia o resto deste post
%d blogueiros gostam disto: