Arquivos do Blog

O que quero ?

caminhoSempre que você sente emoção negativa, simplesmente pare qualquer coisa que esteja fazendo ou pensando e diga “O que quero?”. E então, como você virou sua atenção ao que você quer, o sentimento negativo será substituído por um sentimento positivo e a atração negativa será substituída pela atração positiva. E você estará de volta ao caminho.

 [Abraham]

Do livro ‘Dinheiro e a Lei da Atração’, dos Abraham

João o abundante – PARÁBOLAS DE KRYON

dinheiroKRYON  – LIVRO 4
AS PARÁBOLAS DE KRYON
Canalizações recebidas por Lee Carroll

João o abundante

Falaremos agora de João, o Abundante.

Vocês conhecem esse João. Nasceu dotado com a capacidade de criar riqueza. Tudo aquilo em que tocava o tornava mais rico, e o seu carma era esse. Muitos olhavam-no e diziam: “Teve que ser uma pessoa notável na vida passada para agora ter este carma positivo”. Mas diziam isso porque não compreendiam a sua lição. Inclusivamente quando era rapaz, João dedicava-se a gerir o dinheiro dos outros rapazes, para fazer isto, para prestar um serviço aqui ou atuar acolá. Quando terminou os estudos, no momento em que outros apenas começam a pensar no assunto, já João iniciava o caminho da abundância. A partir dali reuniu e armazenou uma fortuna.

Possuía tanta riqueza que, como individuo, não tinha capacidade para gastá-la durante a sua vida. Assim, João ocupou toda a sua vida a criar mais… e sentia-se desgraçado; depois, sentiu-se colérico.

João não possuía uma ideia clara da sua missão. Como era demasiado fácil criar abundância, João converteu-se numa pessoa irritável, que passava o tempo a queixar-se. Havia quem nem sequer quisesse a sua companhia, de tal forma era desagradável! Assim, os únicos que restavam eram aqueles a quem pagava bem para estarem com ele…, o que representava os seus próprios carmas.

Finalmente, João morreu como um homem desgraçado. Pouco depois de se encontrar do outro lado, deu-se conta de qual tinha sido a sua lição. Tinha escolhido uma das mais difíceis de todas, uma lição que foi incapaz de aprender.

Queridos meus, há livros que falam sobre isto, mas, esta noite, desejamos dizer-lhes o que o isto que significa e o que não significa. Foram traduzidas as palavras que dizem: ”Será quase impossível que um homem rico veja as portas do céu” Permitam-me que vos diga o que isto significa: É extremamente difícil para qualquer um que possua grande abundância alcançar a iluminação. A afirmação citada sustenta-se a si mesma, sem que nada possa ser dito em contrário. Essa foi a lição de João. Podia ele descer ao planeta, experimentar esse tipo de atributo e atingir a iluminação? As oportunidades de que dispôs para encontrar a iluminação passaram diante dele rapidamente, e ele nem sequer reparou. A obtenção de abundância mantinha-o totalmente ocupado.

Porém, alguns de vós leram este texto e, a partir dele, extrapolam um conjunto completo de regras, deficientemente relacionadas com o tema da abundância. Assim, dizem: ”O que Deus queria dizer realmente é que não se pode ser rico e alcançar ao mesmo tempo a iluminação”. Depois, esta lógica deficiente acrescenta: “Se tens riqueza, não és iluminado.” A fase final deste processo de pensamento diz: “Para encontrar Deus, tens que desprender-te de toda a riqueza” (… que, normalmente, deve ser entregue a alguma organização disposta a recebê-la,

com o propósito de ajudar a pessoa a desembaraçar-se dessa carga espiritual). Só então se pode alcançar a iluminação”. Estes mesmos indivíduos (piorando as coisas) equiparam “ser pobre” com “ser iluminado”.

Acreditem, meus queridos, que não é bem assim. Pedimos que vejam o sentido comum de tudo isto. Sempre temos dito que desejamos que tenham abundância. Noutras histórias, já vos levámos a fazer viagens nas quais tiveram acesso às salas internas das vossas vidas espirituais, e uma delas está sempre cheia, até ao teto, de coisas maravilhosas, de ouro e riquezas. (vejam o capitulo “Wo e a sala de aprendizagem” deste mesmo livro). Por que haveríamos de vos mostrar estas coisas, de convidá-los a co-criar a vossa própria realidade, para depois fornecermos um postulado dizendo não se pode ser iluminado e ter abundância ao mesmo tempo? A razão é a seguinte: pode-se ser totalmente iluminado e ter uma abundância sem limites.

Mas a parte difícil deste atributo é a seguinte: aquele que tenha nascido neste planeta com a capacidade para criar abundância facilmente possui um carma pesado. Irá essa pessoa olhar para o seu lado espiritual e alcançar a iluminação? Por outras palavras, a distração derivada da criação do poder é quase insuperável. Essa é a amplitude da situação.

Todos vocês são convidados a alcançar a abundância, todos e cada um de vós. O que foi escrito é apenas uma afirmação da dificuldade e uma advertência para terem cuidado: para alcançar a iluminação e a riqueza terrena ao mesmo tempo exige-se um grande equilíbrio e uma verdadeira sublimação do ego. Estes atributos não se encontram juntos com frequência. Quando se encontram, sabe-se que se encontrou uma alma muito antiga.

Bendito seja aquele que conhece a Deus e tem abundância!

Conte a história que você quer viver

financasMuitas pessoas protestam quando lhes explicamos o poder de contar a história de suas finanças como elas querem que seja ao invés do modo como é, pois elas acreditam que deveriam ser factuais sobre o que está acontecendo. Mas se você continuar a olhar para a falta do que-é e falar do que-é, você não achará a melhora que deseja. Se você quer efetuar mudança substancial em sua experiência de vida, você tem que ter pensamentos que se façam sentir diferentes quando você os pensa.

[Abraham]

Do livro ‘Dinheiro e a Lei da Atração’, dos Abraham
TRD:LL/SP/SP/BR

2012 – Poder, Riqueza e Fortuna – O Ano do Dragão

“O Ano Novo chinês 4710 ou 2012 no calendário ocidental é o Ano do Dragão, que representa o 5º ano no ciclo de 12 anos do zodíaco chinês. Governado pelo elemento Água, cor preta, polaridade Yang, terá início em 23 de janeiro 2012 até 09 de fevereiro 2013. Será um ano de poder, dinheiro e negócios.

O elemento água ressalta as lideranças, as inovações, a sensibilidade às necessidades dos outros e a diplomacia. O Dragão Água é mais pacífico e age com sabedoria, diferentemente dos outros Dragões de Terra, Metal, Fogo e Madeira. Na China, o Dragão Celestial simboliza a potência e a benevolência, por isso os anos do Dragão são considerados benéficos para obter dinheiro com mais facilidade, podendo impulsionar a economia mundial e as fortunas individuais.

O Dragão Água é um grande negociador de sucesso, adepto de marketing, que sabe aplicar sua força quando é necessário. Algumas vezes, esse Dragão estabelece grandes projetos mas não realiza uma boa estrutura que possa suportar as suas ideias. No entanto, é notado por sua calma, seu equilíbrio que combina lógica com muita criatividade.

Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: