Arquivos do Blog

TERRA – Genética, Religião, Humano e Animais

the-pleiades-our-creatorRetirado do livro: Terra – Chaves pleadianas para a Biblioteca Viva
Bárbara Marciniak
Um trecho do capítulo II

Vocês estão começando a compreender, no final deste milênio, que  a  engenharia  genética  não  é  uma  grande  coisa.  Vocês, habitantes da Terra, entrariam imediatamente em estado de choque se soubessem o que agora é possível através da fusão de genes – se as suas assim chamadas fontes noticiosas contassem histórias relativas ao que está acontecendo em alguns dos laboratórios deste planeta. Criaturas foram criadas e formas de vida foram soltas no plano terrestre em muitos locais.

Se  esse  poder  de  criar  vida  está  agora  disponível  para  seres humanos em evolução, com DNA de duas fitas apenas, imaginem o tipo de compreensão genética de seres que existem há centenas de milhares  de  anos.  É  assim  que  mundos  e  espécies são criados e nascem. Esses assim chamados deuses, como ondas de  energia, separam-se do Criador Primordial e se estabelecem nesta zona de livre-arbítrio. Tomam a energia do Criador Primordial como a teia da

existência, e fazem experiências a fim de aprenderem sobre poder e energia. Eles possuem livre-arbítrio para fazeremo que quer que desejem e, caso se percam e esqueçam e criem coisas das trevas, tudo faz parte do mesmo jogo. É a mesma energia. Tudo isso está ligado e precisa ser curado.

Uma vez que vocês transformem a Terra e partam para a Idade do Ouro, o restante do universo será alterado. Levará um ou dois mil  anos  para  que  vocês  conheçam  a  mudança  que  ocorrerá  em todo  o  universo.  Essa  mudança  poderia  ocorrer  simultaneamente, mas vocês não a verão simultaneamente. Vocês levarão um ou dois mil  anos  para  experimentar  a  mudança  a  partir  do  seu  ponto  de vista.  Contudo,  quando  vocês  mudarem  neste  plano  terrestre,  a mudança ocorrerá instantaneamente em todos os lugares.

Leia o resto deste post

Anúncios

Atributos da Ascensão e o Poder da Consciência Humana – KRYON

cocriação

 

Do Livro 10 de KRYON:
UMA NOVA ENTREGA – Conversa simples para tempos confusos

Filadélfia – Pensilvânia – Junho de 2002

 

 

 

Saudações, queridos, eu sou Kryon, do Serviço Magnético.

Aqui é uma voz familiar que está acompanhada daqueles que fluem comigo através de uma fenda no véu. É uma fluência de nosso lado de interdimensionalidade para o lado que vocês chamam de quatro dimensões. Esta é a voz que traz com isso um tipo de energia que pode ser confuso para alguns. É difícil explicar como uma coisa pode ser. Eu não sei quantas vezes começamos a mensagem com: “Hoje, explicaremos o inexplicável.”

Basta dizer que, fora de tempo e de espaço, esta sala se enche com uma família interdimensional… algumas entidades vocês podem até reconhecer. Se a Consciência Humana realmente tem poder [como foi explicado no seminário antes da canalização], então, vocês podem imaginar o poder da Consciência Humana intermisturada com aqueles do meu lado do véu que decidiram vir por alguns momentos e ficar junto de vocês? Esta noite já é diferente das outras [falando de outras sessões de canalização].

É como se, cada vez que nós chegássemos diante de vocês, houvesse uma intensificação causada pela aceitação, pelo entendimento no âmago daqueles que se sentam nas cadeiras. Alguns estão começando a “reconhecer” a família. É mais do que apenas energia, vocês sabem. Vocês estão começando a reconhecer as personalidades daqueles que ficam do seu lado, partes de quem vocês chamavam de guias. Partes do que chamamos de vocês. Assim, aqui estão vocês, queridos Seres Humanos, irmãos e irmãs. Já faz um tempo desde que vimos vocês! Vocês fazem idéia de que todos têm algo em comum? Vocês todos vieram de onde eu estou [falando da posição interdimensional de Kryon do outro lado do véu]. Há muito respeito, no outro lado, por vocês que vêm para este planeta! Uma vez em sua realidade, vocês diluem todas as coisas que vocês são.

Vocês não vêem a sua magnificência, e pensam em vocês de maneira singular. Vocês andam em uma realidade linear com nenhuma evidência do que, de fato, está acontecendo no momento. Então, nós lhes dizemos, deixem que a evidência de que isto é real esteja nas emoções que tocam vocês, nas pressões que vocês sentem e nas cores que vocês vêem durante momentos como este em que explicamos algumas coisas para vocês.

Já se perguntaram por que chegamos desta forma? Por que o Espírito teria um processo como este? Talvez vocês estejam começando a compreender que, independente do que for dito hoje, e independente dos ensinamentos que forem apresentados hoje, alguma coisa está acontecendo com vocês que é completamente à parte de tudo isto. Aos que estão lendo, o que vocês estão sentindo neste momento? É uma leitura casual, ou vocês entendem que não é por acaso que seus olhos estão nesta página no mesmo momento que estamos dizendo estas palavras? Há algo acontecendo que está fora da realidade das quatro dimensões que vocês têm aqui, e eu lhes direi o que é: Cada um de vocês tem um grupo ao seu redor – um grupo que vocês conhecem, que conhecem tão bem quanto conhecem a si próprios! Vocês podem dizer: “Bem, não cabe mais ninguém na sala, Kryon”.[Referindo-se ao fato de que as pessoas na sala estão em cadeiras bem juntas umas das outras.]

Ah, sim, cabe! Esta sala está transbordando daqueles que vocês conheceram e mesmo perderam em sua existência. Alguns de vocês podem senti-los! Saberão que eles estão aqui. Eles os tocarão se vocês quiserem.

Tudo é parte do ensinamento desta noite. Eles têm que estar aqui para o ensinamento de hoje.

Leia o resto deste post

A humanidade é apenas um rótulo – Osho

grupoNão tenho nenhuma vontade de apaziguar vocês com palavras falsas, ocas e sem valor exortando-os a amarem a humanidade. As assim chamadas religiões disseram estas coisas a vocês por gerações. Estou aqui para estimulá-los a amar o homem real, para amar seus companheiros – não a humanidade, mas o homem que vive e trabalha junto a você. Humanidade é apenas uma palavra; humanidade é apenas um rótulo. Você não pode encontrar a humanidade em lugar nenhum. A humanidade é fácil de amar porque a única coisa que você tem que fazer é declamar alguns chavões.

– OSHO

Osso de 13 mil anos contém arte pré-histórica, confirma estudo

Pedaço de mamute ou mastodonte apresenta marcas de desenhos. Autenticidade da gravura foi anuciada em revista de arqueologia.

Comentário do publicador: Esta notícia é uma prova de que a ciência confirma/aceita que o homem já ocupava a América há 13 mil anos atrás. O que significa que: Cristovão Colombo não descobriu a América e que a história da humanidade está muito mal contada, pois o homem já exisitia e formava sociedades complexas antes mesmo dos egípcios existirem! []s

Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: