Arquivos do Blog

Atributos da Ascensão e o Poder da Consciência Humana – KRYON

cocriação

 

Do Livro 10 de KRYON:
UMA NOVA ENTREGA – Conversa simples para tempos confusos

Filadélfia – Pensilvânia – Junho de 2002

 

 

 

Saudações, queridos, eu sou Kryon, do Serviço Magnético.

Aqui é uma voz familiar que está acompanhada daqueles que fluem comigo através de uma fenda no véu. É uma fluência de nosso lado de interdimensionalidade para o lado que vocês chamam de quatro dimensões. Esta é a voz que traz com isso um tipo de energia que pode ser confuso para alguns. É difícil explicar como uma coisa pode ser. Eu não sei quantas vezes começamos a mensagem com: “Hoje, explicaremos o inexplicável.”

Basta dizer que, fora de tempo e de espaço, esta sala se enche com uma família interdimensional… algumas entidades vocês podem até reconhecer. Se a Consciência Humana realmente tem poder [como foi explicado no seminário antes da canalização], então, vocês podem imaginar o poder da Consciência Humana intermisturada com aqueles do meu lado do véu que decidiram vir por alguns momentos e ficar junto de vocês? Esta noite já é diferente das outras [falando de outras sessões de canalização].

É como se, cada vez que nós chegássemos diante de vocês, houvesse uma intensificação causada pela aceitação, pelo entendimento no âmago daqueles que se sentam nas cadeiras. Alguns estão começando a “reconhecer” a família. É mais do que apenas energia, vocês sabem. Vocês estão começando a reconhecer as personalidades daqueles que ficam do seu lado, partes de quem vocês chamavam de guias. Partes do que chamamos de vocês. Assim, aqui estão vocês, queridos Seres Humanos, irmãos e irmãs. Já faz um tempo desde que vimos vocês! Vocês fazem idéia de que todos têm algo em comum? Vocês todos vieram de onde eu estou [falando da posição interdimensional de Kryon do outro lado do véu]. Há muito respeito, no outro lado, por vocês que vêm para este planeta! Uma vez em sua realidade, vocês diluem todas as coisas que vocês são.

Vocês não vêem a sua magnificência, e pensam em vocês de maneira singular. Vocês andam em uma realidade linear com nenhuma evidência do que, de fato, está acontecendo no momento. Então, nós lhes dizemos, deixem que a evidência de que isto é real esteja nas emoções que tocam vocês, nas pressões que vocês sentem e nas cores que vocês vêem durante momentos como este em que explicamos algumas coisas para vocês.

Já se perguntaram por que chegamos desta forma? Por que o Espírito teria um processo como este? Talvez vocês estejam começando a compreender que, independente do que for dito hoje, e independente dos ensinamentos que forem apresentados hoje, alguma coisa está acontecendo com vocês que é completamente à parte de tudo isto. Aos que estão lendo, o que vocês estão sentindo neste momento? É uma leitura casual, ou vocês entendem que não é por acaso que seus olhos estão nesta página no mesmo momento que estamos dizendo estas palavras? Há algo acontecendo que está fora da realidade das quatro dimensões que vocês têm aqui, e eu lhes direi o que é: Cada um de vocês tem um grupo ao seu redor – um grupo que vocês conhecem, que conhecem tão bem quanto conhecem a si próprios! Vocês podem dizer: “Bem, não cabe mais ninguém na sala, Kryon”.[Referindo-se ao fato de que as pessoas na sala estão em cadeiras bem juntas umas das outras.]

Ah, sim, cabe! Esta sala está transbordando daqueles que vocês conheceram e mesmo perderam em sua existência. Alguns de vocês podem senti-los! Saberão que eles estão aqui. Eles os tocarão se vocês quiserem.

Tudo é parte do ensinamento desta noite. Eles têm que estar aqui para o ensinamento de hoje.

Leia o resto deste post

Anúncios

Perfil de Jesus

Redação do Momento Espírita, com base no  cap. 25, do livro Perfis da vida, pelo Espírito Guaracy Paraná Vieira,  psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal. Disponível no CD Momento Espírita, v. 1, ed. Fep. Em 11.01.2010.

Entidades que canalizam – Kryon

LIVRO 2 de Kryon – NÃO PENSE COMO UM HUMANO

medium(Respostas canalizadas para questões básicas)

Capítulo 3

Entidades que canalizam

 Antes que me faça perguntas sobre os canais/emissores que lhe interessam, aqui vai mais informação acerca do que tem acontecido recentemente na Terra a este respeito. Pode ser interessante notar que a maioria das informações, canalizadas para vós no passado, vieram através de entidades que tinham estado em aprendizagem na Terra e retornaram ao vosso contacto para vos dar informação. Isto não mudará e, como disse, continua a ser correto. Além disto, podem verificar a informação perguntando directamente à Entidade canalizada. Todas elas têm nome. Alguns desses nomes são os que elas usavam, quando estiveram na Terra como Seres Humanos em aprendizagem; outras entidades, porém, estão a usar os seus nomes em tom/som (ou tão próximo quanto possível do som que vocês conseguem distinguir… como eu estou a fazer). Quase todas elas desejarão admitir quem foram, enquanto estiveram na Terra.

Há duas razões pelas quais esses canais/emissores são benéficos: a primeira, é que eles estiveram em aprendizagem no vosso planeta. Estão bem conscientes dessa experiência e, por isso, podem relacionar-se com as vossas próprias lições e ilusões. Experimentaram a duplicidade e habitaram corpos como o seu. Isto possibilita-lhes uma admirável plataforma de conhecimento para trabalhar com os seres Humanos, porque já sabem o que eles estão a sentir.

A segunda razão pela qual estes canais/emissores são benéficos, é porque são as únicas entidades com capacidade para suportar a baixa taxa de vibração dos vossos corpos, até há bem pouco tempo atrás.  Sem a Nova Energia, sem os novos ajustamentos e sem a «permissão» que os vossos esforços proporcionaram, não haveria nenhuma Entidade do tipo de Kryon. Isto, simplesmente, significa que esses canais/emissores tinham que ter estado em aprendizagem na Terra, pelo menos uma vez, para poderem retornar e canalizar

através de um Humano. Agora, na Nova Energia, vocês têm a vantagem de disporem de ambos os tipos de Canais. A Nova Energia permite que a informação flua através de ambos os tipos, mesmo o daquelas entidades que canalizaram ao longo dos anos da velha energia.

Deixe-me explicar que, pela primeira vez, Kryon e outros como eu, estamos livres para estar em canalização convosco, a canalizar enquanto estão em aprendizagem. Isto é novo, é algo que ganharam com todo o mérito. Agora, podem dispor de entidades que canalizam para vocês, mas que estão apenas «em serviço» – e nunca estiveram em aprendizagem em qualquer parte no Universo. O nosso objetivo é trazer nova informação, que outros, na velha energia, não tinham permissão para dar, proporcionando-lhes, assim, uma nova área de compreensão. Como foi dito, os outros canais/emissores, agora, continuam a ter permissão para canalizar… mas não se surpreendam se, alguns deles, partiram e estejam em vias de regressar ao planeta, em aprendizagem, por terem terminado as suas tarefas enquanto Canais. A chave dos seus serviços é esta: ter a experiência de estar em aprendizagem ao redor do Universo e, depois, regressarem à Terra enquanto canais/professores, num corpo do mesmo tipo do que encarnaram enquanto aqui estiveram.

Como já expliquei noutros escritos, Kryon sempre existiu, e o meu único objetivo é servir quem está em aprendizagem, na qualidade de Mestre magnético ou, melhor dito, na qualidade de um técnico em serviço.

Conheço tão completamente os trabalhos do Universo, como a estrutura das vossas lições, quer quando estão aqui, quer quando não estão! A vossa composição não é assim tão diferente da de outros. Não se surpreenda se, um dia, verificar que aquela Entidade que saiu de um OVNI para o cumprimentar, afinal é muito parecida consigo! Há muitas variações… embora nada que se pareça com aquelas que surgem nas vossas histórias de «ficção científica».

Há muitos de nós ao vosso serviço, o qual varia grandemente, assim como varia a informação que vos damos, consoante a nossa especialidade. A minha é 1) explicar a duplicidade, 2) a importância da Rede Magnética da Terra, 3) as vossas reacções físicas ao meu trabalho, 4) as funções das vossas estruturas impressas e implantes. Também posso explicar tudo – até onde for conveniente – sobre vidas passadas e a maneira como as coisas funcionam em geral.

O meu principal objetivo desta vez, é o seguinte:

torná-los cientes do novo poder que passaram a ter através da energia amorosa, de maneira a ajudá-los a clarificar o fantasma dos medos, que ainda permeia a vossa consciência interior.

Outros, de entre nós, têm um vasto e diferente conhecimento para lhes dar. São exemplos: os Mestres Professores, os Mestres Técnicos (como eu), os Guias e os Mestres Guias, os que estão em aprendizagem e regressam como professores (canais/receptores), os Anjos (que trabalham directamente com a Fonte Única), e a vasta força de Trabalhadores Internos. Há tanta actividade e suporte ao vosso redor que você ficaria surpreendido se conseguisse vê-la! Uma grande parte está presente para fazer com que este vosso planeta funcione a fim de que vocês possam aprender o que têm que aprender.

Acaso conseguem perceber o quanto são especiais? Mesmo enquanto o meu colaborador traduz esta última frase, eu sinto dentro dele uma súbita sensação dolorosa de desconforto. Mais adiante responderei às suas questões sobre aqueles Humanos que estão a morrer, presentemente, no planeta. Esses são a prova de tudo quanto o Universo está a operar na vossa «sala de aula» neste momento.

Vocês são amados com muita ternura. Nós estamos aqui, com toda a propriedade para os Seres Humanos e somente para os Seres Humanos. Vocês, agora, têm um poder muito maior para conseguirem compreender totalmente, bem como para levar esse poder por diante. Agora, a iluminação e a sabedoria são muito maiores.

Desta vez, se estão vivos, na Terra, em aprendizagem, é porque assim decidiram. Não é por acidente que estão aqui, agora. Compreendam isto e voem alto para o lugar que vos pertence por direito. Façam com que esta encarnação seja celebrada!

Coisas não compreendidas não são necessariamente malignas, assustadoras ou misteriosas; são, apenas, coisas ainda não compreendidas.

Kryon

Continuação – Perguntas à Kryon

Continuação de: https://avelf.wordpress.com/category/espiritualidade/canalizacao/kryon/

medium7 – Pergunta:
Gostaria de fazer outra pergunta delicada, que sempre tem me incomodado. Por que médiuns e canais/receptores parecem não «coincidir» com o que vêem ou predizem? Como pode ser assim, se ambos estãoa «ler» o mesmo universo?

Resposta: Esta pergunta não é difícil ou despropositada; é, novamente, a percepção das suas expectativas a deturpar-lhe as reações. Vamos ser claros: se você pudesse ver a sua alma completamente e saber o que há do outro lado do véu, não haveria necessidade de estar aqui em aprendizagem. Entenda que o seu conhecimento e percepções sobre «o outro lado» são captados através de filtros de pensamento e de intuição, os quais raramente lhes são dados de forma conclusiva. Imagine que você podia provar que é um «fragmento» de Deus na Terra… disfarçado e em aprendizagem. Então, de repente, nós (o Universo) «acendíamos as luzes » e você, claro, podia ir-se embora para Casa… E lá se ia a aprendizagem!

Já no caso das interpretações e das predições, você continua a ver através de um vidro escuro… mesmo que muitos Humanos comecem a dar-se conta de que, ultimamente, o vidro está a tornar-se cada vez mais claro, permitindo traduções mais nítidas.

Permita-me dar-lhe uma nova percepção sobre os médiuns e «videntes»:
Vamos imaginar que três médiuns desejassem ver o que está do outro lado de uma porta (neste caso, a porta representa o véu). Não podem abri-la, pois tal não é permitido. Descobrem, porém, que, se baterem a essa porta, terão a habilidade, que outros não têm, de ver através da fresta por debaixo dela. Assim, todos
vêem a mesma coisa: vêem outra porta menor e a parte de baixo de uns sapatos. Todos vêem a mesma imagem… mas há muito a extrapolar desta cena.
Continuamos a imaginar que esses três médiuns têm 100% de acuidade e que todos deram uma espreitadela real e cuidadosa ao outro lado. Como esta capacidade é a sua dádiva, todos vêem o que é dado em verdade.
Todavia, um médium pensa que a porta menor é uma abertura para o seu Eu Superior e que aquele tipo de sapatos indica um guia masculino, alto, de pé, no outro lado, pronto para ajudar. Outro médium pensaque a porta menor é uma porta trancada, que leva à Gruta da Criação7, e que os sapatos contêm um anjo feminino, que guarda a chave daquela porta. O terceiro médium, que é o mais equilibrado de todos, não chega a nenhuma decisão até que (1) pede ao seu Eu Superior para verificar o que está a ver, e (2) em dúvida, pede uma opinião aos outros.
Por que razão é sábio consultar os outros? Porque, na Nova Energia, sempre que se combinam esforços, há um incremento de poder e de claridade.
Após verificação, o terceiro médium está bem mais apto a traduzir o que viu, pois é capaz de abolir a suposição humana, que sempre se interpõe. Assim, descobre que os sapatos são apenas sapatos… sem ninguém lá dentro! Esta era, apenas, uma pobre suposição humana da parte dos outros, concluindo que os sapatos estavam calçados por uma Entidade. E a porta mais pequena? O médium equilibrado descobriu que era apenas um espelho, reflectindo a porta por baixo da qual estava a espreitar. Jamais se abriria, pois era uma ilusão.
Nem tudo o que parece porta se abre! Depois, prossegue o trabalho «desmontando» o significado do par de sapatos e da porta refletida, proveniente da interpretação dos outros dois.
Portanto, havia três médiuns eficazes que viram a verdade, mas apenas um apreendeu o que era a realidade.
Isto fala da sabedoria, do equilíbrio e do discernimento de um Ser Humano. Um bom médium na Nova Energia tem dois talentos: o primeiro é ser capaz de «ver» por debaixo da porta; o segundo, é a habilidade de discernir o significado do que «viu». É, exactamente, o que acontece com as falsas predições sobre o manto da Terra. Como já foi dito nos escritos anteriores, esse manto é apenas magnético, e lidar com ele é meu trabalho. A ideia de mudança foi «vista» acuradamente por muitos… mas não completamente entendida por todos.
O Universo é muito literal. No vosso lado do véu, nem tudo é o que parece, mesmo que você pense ter a resposta para um mistério. Primeiro, precisa de abolir todas as suposições fundamentadas somente nas coisas terrenas. Isto é, basicamente, o que está errado no vosso método científico, neste momento. Se quiser, poderei
dar-lhe mais informação sobre isto no futuro, mas, por agora, é suficiente saber que não pode discernir as verdades físicas universais, aplicando conjectura e disposições humanas aos seus modelos lógicos. Portanto, há muita verdade para ser captada… como a que está a receber agora. Precisa, porém, de abandonar as suposições culturais baseadas na Terra. Então, poderá traduzir livremente até mesmo aquilo que parece não fazer sentido, dentro dos seus antigos padrões lógicos… mas que, algum dia, serão lugar comum em termos de conhecimento.
Nunca é demais repetir o seguinte: todos vocês selecionaram todas as circunstâncias das vossas vidas, bem antes de chegarem aqui. As experiências pelas quais estão a passar neste momento, são parte de um plano que vocês mesmos desencadearam. Por favor, não confundam isto com predestinação… algo que é completamente diferente. A verdadeira predestinação cria os problemas e dita as soluções.

Kryon

%d blogueiros gostam disto: