Obrigado por existir

Alteridade (ou outridade) é a concepção que parte do pressuposto básico de que todo o homem social interage e interdepende do outro. Assim, como muitos antropólogos e cientistas sociais afirmam, a existência do “eu-individual” só é permitida mediante um contato com o outro (que em uma visão expandida se torna o Outro – a própria sociedade diferente do indivíduo).

Dentro deste conceito antropológico, nada somos se não houver outro indivíduo. Até mesmo, e principalmente, quando encontramos alguém muito diferente de nós, ocorre o contraste. Quanto mais diferentes somos, mais forte é a nossa existência e a percepção dela.  Dessa forma, este conceito nos permite pensar um pouco sobre o que nos define e porque é bom viver em sociedade. Imagine que só existisse você no mundo. Que graça teria?

 

 

Sobre André Möller

http://www.andremoller.com.br

Publicado em 03/20/2013, em Antropologia, Espiritualidade. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: