Continuação – Perguntas à Kryon

Continuação de: https://avelf.wordpress.com/category/espiritualidade/canalizacao/kryon/

medium7 – Pergunta:
Gostaria de fazer outra pergunta delicada, que sempre tem me incomodado. Por que médiuns e canais/receptores parecem não «coincidir» com o que vêem ou predizem? Como pode ser assim, se ambos estãoa «ler» o mesmo universo?

Resposta: Esta pergunta não é difícil ou despropositada; é, novamente, a percepção das suas expectativas a deturpar-lhe as reações. Vamos ser claros: se você pudesse ver a sua alma completamente e saber o que há do outro lado do véu, não haveria necessidade de estar aqui em aprendizagem. Entenda que o seu conhecimento e percepções sobre «o outro lado» são captados através de filtros de pensamento e de intuição, os quais raramente lhes são dados de forma conclusiva. Imagine que você podia provar que é um «fragmento» de Deus na Terra… disfarçado e em aprendizagem. Então, de repente, nós (o Universo) «acendíamos as luzes » e você, claro, podia ir-se embora para Casa… E lá se ia a aprendizagem!

Já no caso das interpretações e das predições, você continua a ver através de um vidro escuro… mesmo que muitos Humanos comecem a dar-se conta de que, ultimamente, o vidro está a tornar-se cada vez mais claro, permitindo traduções mais nítidas.

Permita-me dar-lhe uma nova percepção sobre os médiuns e «videntes»:
Vamos imaginar que três médiuns desejassem ver o que está do outro lado de uma porta (neste caso, a porta representa o véu). Não podem abri-la, pois tal não é permitido. Descobrem, porém, que, se baterem a essa porta, terão a habilidade, que outros não têm, de ver através da fresta por debaixo dela. Assim, todos
vêem a mesma coisa: vêem outra porta menor e a parte de baixo de uns sapatos. Todos vêem a mesma imagem… mas há muito a extrapolar desta cena.
Continuamos a imaginar que esses três médiuns têm 100% de acuidade e que todos deram uma espreitadela real e cuidadosa ao outro lado. Como esta capacidade é a sua dádiva, todos vêem o que é dado em verdade.
Todavia, um médium pensa que a porta menor é uma abertura para o seu Eu Superior e que aquele tipo de sapatos indica um guia masculino, alto, de pé, no outro lado, pronto para ajudar. Outro médium pensaque a porta menor é uma porta trancada, que leva à Gruta da Criação7, e que os sapatos contêm um anjo feminino, que guarda a chave daquela porta. O terceiro médium, que é o mais equilibrado de todos, não chega a nenhuma decisão até que (1) pede ao seu Eu Superior para verificar o que está a ver, e (2) em dúvida, pede uma opinião aos outros.
Por que razão é sábio consultar os outros? Porque, na Nova Energia, sempre que se combinam esforços, há um incremento de poder e de claridade.
Após verificação, o terceiro médium está bem mais apto a traduzir o que viu, pois é capaz de abolir a suposição humana, que sempre se interpõe. Assim, descobre que os sapatos são apenas sapatos… sem ninguém lá dentro! Esta era, apenas, uma pobre suposição humana da parte dos outros, concluindo que os sapatos estavam calçados por uma Entidade. E a porta mais pequena? O médium equilibrado descobriu que era apenas um espelho, reflectindo a porta por baixo da qual estava a espreitar. Jamais se abriria, pois era uma ilusão.
Nem tudo o que parece porta se abre! Depois, prossegue o trabalho «desmontando» o significado do par de sapatos e da porta refletida, proveniente da interpretação dos outros dois.
Portanto, havia três médiuns eficazes que viram a verdade, mas apenas um apreendeu o que era a realidade.
Isto fala da sabedoria, do equilíbrio e do discernimento de um Ser Humano. Um bom médium na Nova Energia tem dois talentos: o primeiro é ser capaz de «ver» por debaixo da porta; o segundo, é a habilidade de discernir o significado do que «viu». É, exactamente, o que acontece com as falsas predições sobre o manto da Terra. Como já foi dito nos escritos anteriores, esse manto é apenas magnético, e lidar com ele é meu trabalho. A ideia de mudança foi «vista» acuradamente por muitos… mas não completamente entendida por todos.
O Universo é muito literal. No vosso lado do véu, nem tudo é o que parece, mesmo que você pense ter a resposta para um mistério. Primeiro, precisa de abolir todas as suposições fundamentadas somente nas coisas terrenas. Isto é, basicamente, o que está errado no vosso método científico, neste momento. Se quiser, poderei
dar-lhe mais informação sobre isto no futuro, mas, por agora, é suficiente saber que não pode discernir as verdades físicas universais, aplicando conjectura e disposições humanas aos seus modelos lógicos. Portanto, há muita verdade para ser captada… como a que está a receber agora. Precisa, porém, de abandonar as suposições culturais baseadas na Terra. Então, poderá traduzir livremente até mesmo aquilo que parece não fazer sentido, dentro dos seus antigos padrões lógicos… mas que, algum dia, serão lugar comum em termos de conhecimento.
Nunca é demais repetir o seguinte: todos vocês selecionaram todas as circunstâncias das vossas vidas, bem antes de chegarem aqui. As experiências pelas quais estão a passar neste momento, são parte de um plano que vocês mesmos desencadearam. Por favor, não confundam isto com predestinação… algo que é completamente diferente. A verdadeira predestinação cria os problemas e dita as soluções.

Kryon

Publicado em 01/07/2013, em Canalização, Energia, Espiritualidade, KRYON, Mistérios, Parapsiquismo, Teosofia e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: