Arquivo mensal: dezembro 2012

Espiritualidade e Reencarnação nas músicas

220px-Reincarnation_AS

Reencarnação na Arte hindu

O tema Espiritualidade e Reencarnação é tão antigo quanto a capacidade de pensar do homem. Na wikipédia a segunda está definida da seguinte forma:

Reencarnação é uma ideia central de diversos sistemas filosóficos e religiosos, segundo a qual uma porção do Ser é capaz de subsistir à morte do corpo. Chamada consciência, espírito ou alma, essa porção seria capaz de ligar-se sucessivamente a diversos corpos para a consecução de um fim específico, como o auto-aperfeiçoamento ou a anulação do carma.

Muitas canções famosas retratam o tema da reencarnação e seus mistérios. A seguir algumas delas disponíveis no youtube.

Mantra – Composição: Nando Reis / Arnaldo Antunes   Quando não tiver mais nada Nem chão, nem escada Escudo (títulos ou castas) ou Espada (imposição da hierarquia pela força) O seu coração Acordará!… Quando estiver com tudo Lã, cetim, veludo Espada e escudo Sua consciência Adormecerá!… E acordará no mesmo lugar Do ar até o…

A canção enfatiza o desapego ao materialismo, exalta a importância do mundo espiritual presente nesta existência, e finaliza remetendo a nossa vida a um retorno a verdadeira essência após a desencarnação: “Da morte o seu guia natal…”. Tudo isso ilustrado com o mantra do Hari Krishna (Deus) como plano de fundo da música.

Eu nasci há dez mil anos atráz – Raul Seixas
Retrata a experiencia espiritual, reencarnatória.
Onde já viu de tudo em todos os tempos, e aprendeu a cada instante, todo aprendizado é eterno. É uma constante evolução…
A Nave interior / Zé Ramalho
Retrata a força interior, o EU Superior e imortal
Não é de fora que a nave vem,
É de dentro do peito que a nave sai.
É de dentro da gente que a nau inaudita (equipamento que não tem igual, extraordinário)
Anúncios

Perguntas à Kryon

livro3Capítulo 2 do Livro 2 de Kryon
A Confusão – Perguntas
Saudações! Eu Sou Kryon do Serviço Magnético
1) Pergunta:
Kryon, reverencio a sua presença e o seu Amor, e reconheço os sentimentos de o ter comigo aqui e agora, como sempre aliás. Dado que você fez com que eu quisesse saber mais sobre a forma como as coisas funcionam, farei várias perguntas multifacetadas… tal como você, no passado, tem dado muitas respostas multifacetadas.
Permita-me começar com um pergunta bem básica:
Outro dia, visitei uma loja metafísica e fiquei perplexo com a aparente aglomeração de sistemas e métodos diferentes, todos eles a olhar para mim desde as prateleiras. Para nomear alguns, havia livros e objectos de pronúncias (e aparência) muito estranhas de yoguis e mestres. Havia livros e métodos de Astrologia, Tarot, renascimento, regressão a vidas passadas, cirurgia espiritual e OVNIS… todos na mesma prateleira! À venda, havia cristais e gemas, com o objectivo de curar. Havia Runas e livros a explicar o seu significado. Havia métodos de cura pelas cores, pelos sons, aroma e toque. Havia livros de padrões e cores que, supostamente, tinham significado. Havia histórias de estrelas, mapas de estrelas, mapas de estrelas fixas, mapas solares, mapas das fases da lua. Havia informações sobre auras, chacras, métodos de meditação e até sexo humano espiritual. Engoli em seco, realmente, quando me deparei com a «secção de canalizações». Parecia haver uma infinidade de entidades a fazer exactamente o que estou a fazer agora, com livros em série. E mais livros sobre os antigos da Terra, e livros dos Índios Americanos, e livros até do espaço!
O que significa tudo isto? Como podemos seguir o nosso caminho dentro desta aparentemente confusa e competitiva informação? Qual é a correcta? Como podemos escolher?
Resposta: Saudações! Estou de volta para falar com todos vós, agora com uma voz ainda mais clara do que antes, devido à experiência adquirida pelo meu colaborador, através da regularidade do meu trabalho com ele.
Nestas repostas, lerão sobre um tema recorrente: a vossa cultura, a vossa «programação» e as afirmações que reflectem o vosso modo de pensar. Em escritos passados falei da religião terrena, de como ela foi temperada e tomou forma para servir à necessidade de controlar os homens. Não há melhor exemplo disso do que o tema da sua pergunta.
Todos vocês foram ensinados, desde o nascimento, a colocar Deus no lugar do vosso poder, a tornarem-se submissos e subservientes. Veneram inclinando-se, deitando-se em temor e ajoelhando-se ante uma imagem de Deus, devido ao desmerecimento que resolveram aprender enquanto Humanos. Continuam a procurar por um Deus único, um único sistema, ou a doutrina única que, para vossa satisfação, explique tudo. Esta doutrina em geral acaba por ser um grupo de regras ou métodos para ganhar o favor de Deus, ou para explicar claramente uma simples relação de causa/efeito, quer para o castigo, quer para o prémio.
Meu caro, quando esteve pela livraria, quem o informou de que deveria ir à estante escolher uma religião?
A livraria não era um lugar de doutrinas em competição, querendo que «escolhesse» uma, ou que abraçasse uma crença. Deixe-me perguntar uma coisa: quando estava na escola, ainda jovem, em que assunto «acreditava»? Qual deles aceitou, deixando os outros de lado? Foi a Ciência, ou História, foram as aulas de Comércio, ou Línguas? Esta é uma pergunta tola (poderá você dizer)… e é mesmo! Você esteve na escola como um ansioso, um jovem Humano apto, pronto para aprender sobre o mundo e o seu funcionamento, sobre o treino para fazer isto e aquilo. Nunca lhe passou pela cabeça escolher um tema, ser subjugado por ele e largar os demais.
E assim acontece, agora, espiritualmente. Deixe-me ser bem claro: a livraria onde esteve é a «loja de ferramentas » dos caminhos físicos universais das coisas. Ali, pode encontrar partes e fragmentos de todo o conhecimento que os Humanos acumularam acerca de como as coisas funcionam, para que um capacitado «fragmento de Deus» possa caminhar neste planeta. Vocês são os capacitados, aqueles de quem estou ao serviço. Não há entidades maiores do que as que estão em aprendizagem! Acredite! Todos os demais estão aqui para servir e facilitar a vossa estadia. Este conhecimento não está disponível para vocês, está escondido na vossa ilusão da realidade. Mas, no entanto, é a verdade.
A duplicidade do plano da Terra é vossa área de descobertas.
As prateleiras recheadas são as vossas enciclopédias de conhecimento. Todas as coisas que referiu têm propriedade… todas elas! Sim, há cura nas pedras, nas cores, nos sons, e nos padrões. Como informei antes, o poder real será daqueles que, finalmente, juntarem tudo! Por enquanto, mesmo separados, todos esses sistemas são válidos. Seres Humanos estão a ser curados com eles? A resposta é SIM. Há propriedade na Astrologia, que é o estudo do alinhamento magnético da programação impressa no nascimento. Há um valor real na aprendizagem dos métodos do Tarot e das Runas. Eles são os termómetros do seu crescimento actual e, de facto, impulsionam para um nível mais alto, quando são usados e interpretados correctamente. Há muito para aprender, se assim desejar, sobre o equilíbrio físico do seu corpo; daí o estudo das auras e dos chacras e até do sexo espiritual Humano. O sexo não vos foi dado como um simples caminho biológico de procriação; também significa uma ponte espiritual entre o macho e a fêmea e, simultaneamente, o provedor das funções
biológicas necessárias.
Nunca lhe ocorreu que os livros dos antigos, dos yoguis e xamãs, são cápsulas de tempo de vocês mesmos para vocês mesmos? Talvez esta ideia lhe dê uma nova perspectiva da história. Qual foi o papel que você desempenhou nela? Um desses seres, presente em livro na prateleira dos «antigos», acaso não poderia ter sido você?
Com certeza achará tudo isto intrigante… uma sensação que eu não posso experimentar enquanto Kryon!
Mas tudo é exclusivamente seu, e está a ser revelado na sua verdade. Enterradas nas suas expressões passadas, estão pistas excelentes das razões que o levam, hoje, a ser o que é… tal como a personalidade de hoje afectará a próxima encarnação. São os mecanismos complexos, mas admiráveis, das suas lições cármicas, algo sobre o qual deveria aumentar o seu conhecimento, porque lhe servirá de imediato.
Sobre a variedade de autores: dado que a verdade é a verdade, encontrará princípios coerentes a cada passo, mesmo que as culturas e línguas difiram.
E sobre os livros de canalização? Sei que fará mais perguntas sobre o assunto, mas dir-lhe-ei já que a maioria deles são reais. Alguns, porém, não são. A sua própria intuição lhe dirá a verdade. Os que são reais foram canalizados desde o mais alto nível, por uma vastidão de diferentes entidades ao serviço do ensinamento; épor isso que a informação é tão diversa. Não é necessariamente contrária, apenas diferem as perspectivas.
Voltarei a falar sobre este assunto mais tarde, mas, como já referi antes, as predições canalizadas no passado não são totalmente certas, devido à mudança da Terra nos últimos anos.
Podem ter sido correctas no tempo em que foram escritas, mas não necessariamente agora. Entretanto, algumas delas, com mais de 1000 anos, depois de terem sido invalidadas devido à acção humana, voltaram a ser oportunas recentemente. Isto surpreende-o? Lembre-se que os Humanos têm um tempo linear limitado, e o Universo não. Toda a informação canalizada real é sempre dada em perfeita energia amorosa. Acaso tenho que explicar como o futuro será afectado pelo que estou a dizer neste momento? Sendo uma canalização do espaço… o que acha que isto é?
Também informei sobre os OVNIS, nos últimos escritos. Há alguma dúvida de que eles têm um importante papel na Metafísica? Lembre-se da advertência:
Coisas não compreendidas não são necessariamente malignas, assustadoras ou misteriosas; são, apenas, coisas ainda não compreendidas.
Dê espaço e tolerância a estes temas, tal como todos fariam se, de repente, descobrissem um novo ramo da nova lei da Física (o que, a propósito, farão). Oiçam todos: a próxima vez que forem a estas lojas, façam-no com Amor e tolerância. Depois, notem como se sentem. Que livros folhearam? Acerca do que querem saber mais? Enquanto entidades de origem divina, que estão no planeta em aprendizagem, o que querem saber?
Depois, estudem a matéria apropriada. O vosso discernimento é especialmente apurado na Nova Energia. Não levará muito tempo até que, nas prateleiras destas lojas, os grãos bons sejam separados dos ruins.
ignorancia2) Pergunta:
Você disse, «a duplicidade do plano da Terra é a vossa área de descobertas». O que significa isto? Ouvi outros falarem de «duplicidade». O que é duplicidade?
Resposta: Este é um conceito difícil de entender, porque é propositadamente escamoteado a todos os Humanos em aprendizagem. Nos escritos passados abordei este tema várias vezes, mas, pelos vistos, ainda parece ser um enigma para si. É tempo de pôr de lado a velha maneira de pensar e abraçar as novas verdades básicas.
Por favor, clarifique a mente e entenda o seguinte: todos vocês são poderosas entidades caminhando por este planeta, só que a camuflagem estupidifica qualquer um… até mesmo as entidades poderosas!
Esta é a base da duplicidade: vocês são realmente dois seres. O «Eu Real» é a Entidade elevada, aquela cujo poder e conhecimento todos vocês possuem; já o «eu ilusório» é o «veículo» Humano em aprendizagem.
A ironia é que vocês percebem o «eu ilusório» como real, e o «Eu Real» como uma ilusão. Muitos, nem mesmo percebem o UM real! As maiores descobertas que farão referem-se a esta duplicidade; os maiores sucessos no crescimento serão baseados na compreensão de como funciona a duplicidade, compreendendo, finalmente, os papéis invertidos do «Eu Real» e do «eu ilusório». Embora não possam ver, verdadeiramente, o vosso Eu Superior (por que isso anularia o objectivo da lição básica), podem adquirir o conhecimento funcional e a compreensão da realidade de quem são. Quando isto ocorre, podem então assumir o vosso poder… e não antes. Portanto, a área de descoberta reúne a) o autoconhecimento, b) a verdade da duplicidade dentro de si, e c) como elevar essa duplicidade.
Nunca é demais repetir o seguinte: todos vocês seleccionaram todas as circunstâncias das vossas vidas, bem antes de chegarem aqui. As experiências pelas quais estão a passar neste momento, são parte de um plano que vocês mesmos desencadearam. Por favor, não confundam isto com predestinação… algo que é completamente diferente. A verdadeira predestinação cria os problemas e dita as soluções. Ora, na situação presente, vocês deram a vós mesmos apenas problemas. As soluções acontecem através do  autoconhecimento e da compreensão clara. Vocês recebem um problema, as ferramentas e o poder para o solucionar.
Quando isso acontece, o resultado acarreta um aumento da vibração do planeta.

Administre sua própria vibração

realidade

Ao prestar atenção ao modo como você se sente e, em seguida, escolher pensamentos que o fazem se sentir melhor, você está administrando sua própria vibração, o que significa que você está controlando seu próprio ponto de atração – o que significa que você está criando sua própria realidade. É maravilhoso perceber que você pode criar sua própria realidade sem grudar-se na vida dos outros, e que quanto menos atenção você dá à realidade alheia, mais pura sua vibração será – e mais satisfeito você ficará com o que acontece a você.

[Abraham]

Do seminário em Boca Raton, FL/USA, em 08/Dez/2001
TRD:LL/SP/SP/BR

The Urantia Files: Fact or Fiction?

Veja o trailer de uma série de documentários que explorarão em os temas de “O Livro de Urântia”

O primeiro episódio foi transmitido no dia 21/12/2012 pelo site www.mysticscribes.net

O livro de Urântia (Documento 49) – Os Mundos Habitados

urantiaTexto retirado de “O Livro de Urântia” – https://avelf.wordpress.com/2012/12/01/urantia-o-livro-de-urantia/

Os Mundos Habitados – pag 566

(559.1) 49:0.1 OS MUNDOS habitados pelos mortais são todos evolucionários por origem e natureza. Essas esferas são o berço evolucionário, o local de geração das raças mortais do tempo e do espaço. Cada unidade de vida ascendente é uma verdadeira escola de aperfeiçoamento para o estágio seguinte da existência, e isso é verdadeiro sobre todos os estágios da ascensão progressiva do homem ao Paraíso; verdadeiro para a experiência mortal inicial em um planeta evolucionário, como é verdadeiro para a escola final dos Melquisedeques, na sede-central do universo; uma escola que é freqüentada pelos mortais ascendentes apenas um pouco antes do seu translado para o regime do superuniverso, quando alcançam o primeiro estágio da existência espiritual.
(559.2) 49:0.2 Todos os mundos habitados são agrupados basicamente, para a administração celeste, em sistemas locais; e cada um desses sistemas locais é limitado a cerca de mil mundos evolucionários. Essa limitação é feita por um decreto dos Anciães dos Dias, e diz respeito aos verdadeiros planetas evolucionários, onde estejam vivendo mortais com status de sobrevivência. Nem os mundos estabelecidos finalmente em luz e vida, nem os planetas nos estágios pré-humanos do desenvolvimento da vida
pertencem a esse grupo.
(559.3) 49:0.3 Satânia, em si mesmo, é um sistema inacabado, que contém apenas 619 mundos habitados ainda. Tais planetas são enumerados seqüencialmente, de acordo com o seu registro como mundos habitados pelas criaturas de vontade. Assim, foi dado a Urântia o número 606, de Satânia, significando que é o 606o mundo do sistema local, no qual o longo processo da vida evolucionária culminou com o aparecimento de seres humanos. Existem trinta e seis planetas não habitados aproximando-se do estágio em que poderão ser dotados de vida, e vários outros estão agora ficando prontos para os Portadores da Vida. Há aproximadamente duzentas esferas evoluindo de modo a ficarem prontas para a implantação da vida dentro dos próximos milhões de anos.
(559.4) 49:0.4 Nem todos os planetas são adequados para abrigar a vida mortal. Os pequenos, que têm uma velocidade de rotação elevada, em torno do próprio eixo, são totalmente inadequados como habitat para a vida. Em vários sistemas físicos de Satânia, os planetas que giram em volta do sol central são grandes demais para serem habitados; a sua grande massa ocasiona uma gravidade opressiva. Muitas dessas esferas enormes têm satélites, algumas vezes uma meia dúzia ou até mais, e essas luas, freqüentemente,
têm um tamanho muito próximo ao de Urântia, de um modo tal que são quase ideais para serem habitadas.
(559.5) 49:0.5 O mundo habitado mais antigo de Satânia, o mundo de número um, Anova, é um dos quarenta e quatro satélites que giram em torno de um planeta escuro enorme, mas exposto à luz diferencial de três sóis vizinhos. Anova está em um estágio avançado de civilização progressiva.

A meta é o contentamento

coticaA base de sua vida é a liberdade absoluta, a meta é o contentamento, e o resultado dessa perfeita combinação é o movimento adiante, ou a evolução. Sua meta é encontrar temas de atenção que lhe permitam elevar sua cortiça.

[Abraham]

Do seminário em Virginia Beach, VA/USA, em 12/Abr/1997
TRD:LL/SP/SP/BR

 

Humildade – Carl Sagan

O Pálido Ponto Azul – Carl Sagan

Video que mereçe ser entendido por todos…

 

A partir da Não-físico, você se criou

nao-fisico

A partir da Não-físico, você se criou e agora, do físico, você continua a criar, e não somos nada se não somos Fluidores de Energia. Temos de ter objetos de atenção, que nos movam, de modo a sentirmos a completude de quem somos, fluindo através de nós, para a continuação do Todo-Que-É. Isso é o que coloca a eternitude na eternidade.

[Abraham]

Do seminário em Silver Springs, MD/USA, em 19/Abr/1997
TRD:LL/SP/SP/BR

Quando decidi ser um Ser físico

perfeito

Vejo-me em perfeita saúde. Vejo-me em prosperidade absoluta. Vejo-me revigorado de vida, novamente apreciando essa experiência de vida física que tanto quis quando decidi ser um Ser físico. É glorioso estar aqui, um Ser físico não apenas tomando decisões com meu cérebro físico, mas acessando o poder do Universo através do poder da Lei da Atração.

[Abraham]

Excerto do livro ‘A Lei da Atração’, dos Abraham
TRD:LL/SP/SP/BR

%d blogueiros gostam disto: