Esqueça tudo sobre Deus – procure o amor

Friedrich Nietzsche disse: “Deus está morto”. Mas ninguém perguntou a ele: “Quem matou Deus?” Só existem duas possibilidades: ou ele cometeu suicídio ou foi assassinado.

E Deus não pode cometer suicídio. Isso é impossível, porque Deus significa bem-aventurança – por que a bem-aventurança cometeria suicídio? Deus significa verdade – por que a verdade cometeria suicídio? Deus significa eternidade – portanto o suicídio é impossível. Ele deve ter sido assassinado.

Foram os sacerdotes que fizeram isso. Todos os sacerdotes de todas as religiões participaram dessa grande conspiração: eles mataram Deus. Claro que não podem matar o Deus verdadeiro, mas eles podem matar o Deus que eles próprios criaram.

Devido aos dez mil anos de história estúpida em nome da religião, sugiro: procure o amor, esqueça tudo sobre Deus. Assim o divino virá sozinho, naturalmente. Ele certamente virá, é inevitável.

Osho, em “Meditações Para a Noite”
Imagem por mariobraune
Anúncios

Publicado em 11/05/2011, em Espiritualidade, Osho, Teosofia e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. A Lei da Atração também tem uma opinião semelhante sobre esse deus criado pelas religiões.
    Aí vai o link para um vídeo sobre Deus e Abraham (divulgador da Lei da Atração): http://goo.gl/QrnSa

    Boa diversão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: