KARMA – Conversas com SaLuSa — Agosto 6, 2011

Conversas com SaLuSa, agosto 6, 2011

Laura: Boa noite, SaLuSa. É bom estar em comunicação contigo. Aqui vai a primeira pergunta:

“Podia perguntar a SaLuSa como é que podemos transmudar o karma, erguê-lo e torná-lo mais fácil? Penso que a pergunta é a seguinte: se penso que estou a incorrer em karma porque por vezes R é difícil; como lidar através desse karma de modo a torná-lo mais fácil, mais eficiente, fazer o que tem de ser feito antes da Ascensão e como perceber o que devo fazer, qual é a lição, como proceder da maneira certa, etc?
Desculpe, não é um dos meus parágrafos mais claros, mas consegue compreender o que eu quero dizer? Como posso perceber o que devo fazer, ou como fazer da melhor maneira/da maneira mais fácil para progredir, para ser uma boa pessoa? Eu diria que EU SOU uma boa pessoa mas se sou boa, porque é que por vezes é tão difícil, e porque é que não podemos usar a Lei da Atracção para criar isso para não ser tão duro? (Não é por falta de tentar controlar/erguer o pensamento …)

SaLuSa: Boa noite. É uma pergunta fascinante, e digo de novo, descobrir a resposta por ti própria tem muito mais valor do que eu dar uma resposta directa. Esta pergunta tem vários estratos e aspectos. Devido ao formato destas mensagens, tenho que abreviar um pouco a minha resposta. Devemos dizer que, nem sempre é a melhor aproximação, almejar resolver o karma directamente e olhá-lo de frente.

As memórias das vossas vidas passadas estão impedidas de ser recordadas, por isso, na maior parte das vezes, não podeis responder ao karma directamente.

O indivíduo tem de sentir o seu caminho enquanto o percorre, para ouvir a sua voz interior e estar presente na sua vida. Claro que há sempre a possibilidade de pedir ajuda aos anjos da guarda, aos vossos guias, ao vosso Eu Superior e aos Seres de Luz tais como os Anjos e os Arcanjos.

O karma pode arrastar-se por muitas vidas e torturar a mente e o coração durante muitos anos, durante uma vida. Irá regressar invariavelmente a ti, até que tudo esteja resolvido. A tua intuição irá fazer-te sentir as coisas sobre os assuntos karmicos. No entanto, a nível consciente, o karma não será revelado completamente para ti, na maior parte das vezes.

Lidar com o karma é como nadar em águas frias e turvas. Há bastante medo e há reacções emocionais. Não recomendamos que tentem manipular as situações de modo a forçar o karma a ser resolvido. Não podes controlar essas coisas. O karma não pode ser resolvido antes que as coisas estejam nos lugares certos. Na maior parte do tempo, estais a resolver o karma sem mesmo saber nada sobre ele. A razão para isso é o conteúdo muito pesado, emocional ou traumático que, por vezes, está envolvido. Na maioria das vezes, saber as circunstâncias exactas iria levar-vos a retroceder para o mesmo caminho como fizeram anteriormente, e as emoções iriam interferir com a reparação e redenção actuais.
Na maior parte dos casos, se alguém tenta conscientemente “consertar” o karma, talvez esteja a piorar as coisas. Desconhecê-lo é perfeitamente uma bênção e uma oportunidade para um novo começo. Se todos vós, antes de estar preparados, recordásseis o vosso karma das vidas passadas, haveria um estado permanente de guerra e de caos na Terra. A hierarquia espiritual colocou-vos na trilha certa de maneira a lidardes lentamente com o karma. Habitualmente, o karma de uma pessoa pode levar mais de uma vida a ser resolvido e estamos a tentar a fazer uma progressão constante através dos vossos planos de vida.

Naquilo que nos diz respeito, também tomamos parte a ajudar a nossa tripulação a recuperar o karma urgente que é necessário ser resolvido nesta época. Ajudamos a libertar as memórias durante o sono e trazemos os assuntos à superfície, se tal for pedido pelo vosso Eu Superior. Embora o vosso cérebro consciente seja ocasionalmente ciente do vosso Eu Superior, nós comunicamos com o vosso Eu Superior. Habitualmente o vosso Eu Superior reside em planos mais altos, como nós. O vosso Eu Superior também vos guia e sabe exactamente o que é melhor para vós. No vosso estado habitual, é difícil para vós, ouvir o vosso Eu Superior. Se realmente estais preocupados com o vosso karma, encorajamos a que ouçam o vosso Eu Superior e a estar presentes na vossa vida.

Laura: Obrigada, SaLuSa. Creio que gostarias de acrescentar algo hoje, para lá das perguntas que foram feitas.

SaLuSa: Sê abençoada. Estamos a entrar numa fase crítica do vosso planeta. Estamos a entrar num período de aceleração e de energias intensas. Como muitos de vós estão a começar a acordar, estais quase a abarcar um olhar mais próximo da realidade. Ireis começar a experienciar estar em vários lugares, simultaneamente, durante curtos períodos de tempo. Ireis estar presentes em muitos níveis, e ao mesmo tempo. Ireis tornar-vos plenamente cientes do que verdadeiramente significa viver na dualidade.

Com isso, ireis receber muitas visões dos reinos mais altos, simultaneamente. A nossa presença tornar-se-á evidente na vossa consciência, enquanto outros estarão, pelo menos, parcialmente adormecidos. Sereis capazes de nos ouvir e de nos ver, nas nossas dimensões mais altas, através do vosso Eu Superior, enquanto, ao mesmo tempo, tereis de levar uma vida normal para benefício dos vossos entes queridos.

Queríamos assegurar que isto é um estádio normal do vosso processo de despertar. Ireis experimentar efeitos secundários tais como, tonturas, confusão emocional, dor, alegria, por vezes todos ao mesmo tempo. Estes efeitos estão ligados a um fluxo de memórias que chegam, à elevação das energias e da consciência. Estas memórias irão entrar de jorro na vossa consciência enquanto estais no trabalho, com os vossos amigos e família ou, por exemplo, enquanto vedes televisão. É importante não ficar alarmado com isto e não alarmar os outros à vossa volta, que podem não experimentar nenhum destes efeitos.

O que ajuda é encontrar/estabelecer tempo para estardes sozinhos de maneira a poder processar todas estas capacidades psíquicas novas, que ireis descobrir. Isto também pode ser visto como parte do processo natural da Ascensão. Queridos, recordem que estamos aqui para vos ajudar, por esta razão, não hesitem em chamar-nos, somos os vossos irmãos para ajudar quando estais com medo ou em pânico. Deixem a vossa bagagem emocional, deitem-na para fora se for necessário. Estamos aqui para vos ajudar e apoiar nestes tempos difíceis, que estão frente de todos vós em muitos aspectos.

Estais quase a tornar-vos mais sensitivos e mais cientes dos reinos mais altos, de nós, do quadro alargado, da consequência das vossas acções no passado, no presente e no futuro. Ireis realmente ver-vos como sois, neste planeta. Recomendamos que estejam num estado de aceitação sobre o que ides experimentar e, finalmente, compreender. Se possível, perdoem os outros e peçam perdão a Deus. Isso terá consequências positivas e as coisas irão mover-se dentro de vós. Ireis experimentar, verdadeiramente, estar no vosso coração e estar em paz e alegria.

Eu sou SaLuSa, de Sírio, e anseio pela nossa reunião convosco, irmãos e irmãs queridas. Sejam do Amor e da Luz. Pedimos que caminhem através destes dias com a máxima consciência possível. Isso irá fazer com que as coisas prossigam muito mais rapidamente. Estamos com todos vós, à vossa volta, afastados de vos tocar apenas por uma fina camada. Não estais sozinhos, estamos convosco.   Obrigada, SaLuSa

Laura

Como fazer perguntas a SaLuSa?
Por favor, ver AQUI.

 

 

Fonte: http://comsalusa.blogspot.com/

Anúncios

Sobre André Möller

http://www.andremoller.com.br

Publicado em 08/07/2011, em Canalização, Espiritualidade, SaLuSa. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: