DAR e RECEBER a fórmula perfeita para a Abundância

Para compreendermos o ciclo de dar e receber, nós devemos começar primeiro avaliando alguns conceitos e crenças relacionados ao dinheiro e às posses. Vamos começar compreendendo a função do dinheiro.

Retornando aos velhos dias, antes que o conceito de dinheiro fosse concebido… era usada a troca. Acordos tais como:: “os meus bens em troca pelos seus bens”, funcionaram bem por algum tempo. As pessoas naquela época estavam tanto dando como recebendo.

Mas, enquanto a civilização evoluía e mais bens e serviços se tornaram disponíveis, surgiu um novo problema…

E se eu quisesse as suas tangerinas, mas você não estivesse interessado no que eu pudesse lhe dar em troca? É por isto que a invenção das moedas e do “papel moeda” (ou notas), se tornou uma necessidade para ajudar a resolver este dilema.

Enquanto o tempo passava, o dinheiro se tornou a ferramenta universalmente conhecida para o intercâmbio de mercadorias e de serviços.

A propósito, quando compreendemos a verdadeira função do dinheiro, a idéia de que o dinheiro é a raiz de todo o mal, se torna insustentável. A verdade é que o dinheiro é uma necessidade, uma ferramenta coletiva para trocar bens e serviços.

Isto, portanto, ajuda a todos nós prosperarmos.

Dinheiro, Crenças e Espiritualidade

Muitos cresceram com a crença de que a abundância monetária e a espiritualidade não podem co-existir. Esta idéia cria um estado dividido da mente; um ciclo incompleto de dar e de receber, o que torna difícil alcançarmos os nossos objetivos financeiros.

Por um lado, a nossa mente consciente deseja que nos libertemos das preocupações financeiras. Por outro lado, a nossa mente subconsciente faz votos de nos manter fielmente conectados ao nosso ser espiritual.

Entretanto, a espiritualidade e a riqueza monetária não deveriam ser mutuamente exclusivas. O dinheiro é uma fonte de energia que deve trocar de mãos para criar o equilíbrio e a prosperidade. Manter o dinheiro com o único propósito de acumulá-lo, somente criará um desequilíbrio, tal como quando colocamos mais peso em um prato de uma balança.

Assim, o dinheiro é como uma chave poderosa que pode abrir muitas portas. E como uma chave, ela não é nem positiva e nem negativa por si só. Nós decidimos quais portas devemos abrir. Nós decidimos quais valores colocamos no dinheiro, com base em como o adquirimos e como o usamos.

Isto pode ser facilmente compreendido. Entretanto, um aspecto importante que influencia ainda mais os valores que colocamos no dinheiro, se encontra em nosso sistema de crenças.

É esta crença que cria as associações subconscientes entre o dinheiro e a moral. E é onde muitas pessoas têm bloqueios que impedem a criação da abundância.

Percebam que as nossas crenças não estão baseadas na verdade universal absoluta. A verdade difere de uma pessoa para outra, de acordo com o condicionamento pessoal e os eventos da vida. Em outras palavras, a verdade depende da pessoa que a experiencia. É por isto que alguns têm muito, enquanto outros, não. Em muitas ocasiões vocês notarão que a abundância financeira não se relaciona à educação ou às mentes de gênios, mas aos sistemas de crenças que regulam as vidas e os resultados daqueles que criam a abundância, ou não.

Portanto, o modo com que interagimos e usamos o dinheiro reflete os nossos pensamentos e idéias de acordo com as crenças de nossa existência, as quais, muito provavelmente, são diferentes daquelas de outros. A boa notícia é que as crenças não são permanentes. Elas são bem maleáveis. Nós podemos nos libertar das crenças que não mais nos servem e substituí-las por crenças que favoreçam a nossa prosperidade. Pensem nisto…

Vocês podem ganhar um dólar fornecendo um serviço útil ou vendendo aparelhos sem valor. Do mesmo modo, vocês podem usar o mesmo dólar que vocês ganharam para ajudar a uma pessoa carente ou adquirir algo somente por razões egoístas.

É o mesmo dólar, mas é tudo uma questão de escolha. Sua escolha. Quais são as suas crenças em referência a ganhar e a usar o dinheiro após terem lido estas afirmações? Baseados nisto, quais crenças escolherão para implantar em sua mente?

Sim, o dinheiro nos proporciona os meios para obter as necessidades básicas para vivermos, tais como o alimento, o vestuário, e um teto sobre as nossas cabeças, mas ele também nos dá a habilidade de contribuirmos com uma causa digna. Assim, o dinheiro também nos concede a paz da mente, um estado essencial para vivermos uma vida espiritual e abundante.

Sonhem um pouco. Comecem a pensar em todas as coisas boas que vocês poderiam fazer com uma abundância de dinheiro. Convençam-se do seu poder de fazer o “bem” com o dinheiro, porque isto é o que vocês escolhem acreditar e o que querem fazer. Vocês estão escolhendo este caminho com base no livre arbítrio. Este é o primeiro passo para a compreensão que ter dinheiro em abundância e ter uma vida espiritual podem realmente acontecer simultaneamente.

Acondicionem estes últimos pensamentos, se o dinheiro for um símbolo de energia usado para a troca. Quando trocamos dinheiro relacionado a algo de valor, nós participamos do movimento de energia positiva e da criação do ciclo de “dar e receber” que prosperam outros, enquanto nós prosperamos. O resultado é que todos nós prosperamos juntos. Vamos também nos lembrarmos de que cabe a cada um de nós decidir como usar este dinheiro, assim como que significado lhe damos.

A Dinâmica de Dar e de Receber

A maior parte de nós se sente melhor quando o dinheiro chega do que quando ele sai. Paradoxalmente, em nossos esforços do dia a dia, nos sentimos muito melhor quando damos do que quando recebemos.

Isto é porque nos foi ensinado desde uma tenra idade que é mais gracioso dar do que receber. Em alguns casos, estes ensinamentos podem ir tão longe a ponto de nos fazer acreditar que receber está ligado ao egoísmo. Isto cria um conflito interno e produz obstáculos a um nível subconsciente que podem impedir a nossa prosperidade. Além disto, não podemos passar a vida apenas dando. Eventualmente, nós terminaremos nos sentindo vazios…

Portanto, o único meio de criar a abundância na vida é regulando a dinâmica de dar e de receber nos dois níveis, consciente e subconsciente. Quando atingimos o equilíbrio, nós criamos a abundância e a prosperidade em nossas vidas e nas vidas daqueles a nossa volta. O ciclo de dar e de receber pode realmente fluir eternamente.

A analogia a seguir ajudará a esclarecer isto. Cada vez que um fazendeiro planta uma semente, ele está começando o ciclo de dar e receber.

O fazendeiro está realmente dando uma semente à Mãe Natureza com a plena expectativa de receber algo em troca. Em seguida, ele cultiva a colheita e colhe a safra.

Ele deu e sabe que ele receberá. A Mãe Natureza dá novamente o fruto, o que coloca o fazendeiro no final da equação de receber. Então ele começa tudo novamente com a intenção de receber durante a próxima estação da colheita. É assim que ele participa e desfruta do ciclo da vida, assim como o Planeta Terra gira para nos dar o dia e a noite.

O cenário anterior cria outro ponto importante. Para começar a receber, nós devemos primeiro dar. Cabe a cada um de nós iniciarmos o ciclo de dar e de receber. E uma vez que nós damos, nós devemos receber. Tudo isto depende da semente que plantamos. Ninguém  plantará uma semente esperando nada colher e isto não é diferente para vocês e para mim, referente ao dinheiro. A verdade é que o mesmo vale para tudo na vida. Quando semeamos amor, nós recebemos afeição, quando semeamos trabalho, nós recebemos a remuneração, quando semeamos bondade, nós recebemos simpatia, quando semeamos a paz, nós recebemos a tranqüilidade… Isto contribui com o Equilíbrio Universal, assim como o equilíbrio existe através dos opostos, tais como quente e frio, luz e escuridão, riso e tristeza, em cima e embaixo, a saúde e a doença, e a lista continua…

Portanto, dar e receber são ambos, partes da mesma equação. O ato de dar e de receber cria um ciclo e um equilíbrio saudável ao mesmo tempo.

A filosofia Chinesa, chamada de Tao te Ching por Lao Tsu, escrita durante o Século 3 A.C., explica como todas as energias no mundo estão equilibradas em igual medida. Nós podemos encontrar o mesmo equilíbrio no símbolo Ying Yang.

Assim, o ato de dar e de receber inicia uma troca de energia que garante o equilíbrio necessário para o ciclo financeiro fluir facilmente de mão a mão. Quando as coisas saem do equilíbrio que conseguimos a desarmonia, a discórdia, o conflito, a carência e a limitação, entre outros efeitos indesejáveis. Dar e receber é uma via com dois sentidos!

A importância da Atitude no Ciclo de Dar e Receber

Como com cada coisa na vida, a atitude é tudo. Quando vocês derem, sempre se lembrem de colocar um sentimento de alegria naquilo que vocês estiverem dando. Certifiquem-se de saberem, sem sombra de dúvida que vocês receberão em breve de acordo, pois vocês iniciaram o ciclo de “semeadura-colheita”. À medida que vocês derem se tornarão o instrumento que transmite energia positiva. Por sua vez, vocês receberão mais do mesmo.

O seguinte mantra (retirado do treinamento dos “cidadãos”, ressoa perfeitamente com o artigo acima. Repitam-no em silêncio, enquanto vocês estiverem dando…

“A minha prosperidade prospera aos outros. A prosperidade deles me prospera.”

Finalmente, certifiquem-se de darem do coração e com convicção. O resto cairá no lugar adequadamente.

“O Universo  opera através da troca dinâmica… dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo. E em nossa disposição de dar aquilo que buscamos, nós mantemos a abundância do Universo circulando em nossas vidas.” – Deepak Chopra

www.tools-for-abundance.com/Giving_and_Receiving.html

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Anúncios

Publicado em 04/16/2011, em Espiritualidade e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: