Substância Misteriosa Deixada por Aparições de OVNIs

O “Angel Hair” ou “Cabelo-de-Anjo”,  é uma substância que dizem alguns ufólogos ser produzido por ovnis, quando sobrevoam regiões em baixa altitude. Esta substância misteriosa também já foi chamada  de “teia de aranha docê”  ou “fios de gelatina”. Normalmente aparece, voando, em pequenos fios aglomerados, em parques, campos e até mesmo em centros urbanos.  Quando criança lembro-me de ter colocado na boca uma vez, tinha um sabor adocicado.

O Cabelo-de-Anjo foi relatado, em aparições da Virgem Maria. Esse fato tem intrigado os antigos crentes sobre vida alienígena, e tem sido usada como uma possível indicação da influência extraterrestre em relatos recentes de avistamentos da Virgem Maria e Jesus. Relatos históricos mostram que a substância se desintegra, ou evapora, em um curto espaço de tempo após sua formação.

Uma teoria divulgada, por ufólogos e estudiosos da área é que a substância é ar gelado ionizado através de um campo eletromagnético muito forte. O maior incidente com produção de cabelos de anjo ocorreu em Oloron, na França, em 1952. O evento foi caracterizado por uma grande quantidade de avistamentos de aeronaves sem explicação.Em 1477, no Japão, foi relatado que um material semelhante a algodão branco caiu seis horas depois que um objeto luminoso atravessou o céu.  Em 1702, mais uma vez no Japão, ao meio-dia, pessoas presentes no local alegam ter visto o sol mudando de cor para um vermelho-sangue. Logo em seguida, finíssimas  cordas de uma substância semelhante ao algodão branco foram contempladas caindo no chão.

Em 02 de novembro de 1959, na cidade de Évora em Portugal, uma amostra de cabelo de anjo foi coletada e analisada por técnicos das forças armadas e os cientistas da Universidade de Lisboa. Conclusões afirmaram que a substância era tão avançado que poderia  ser um organismo unicelular de algum tipo, algum tipo de produto vegetal.
A partir daí, religiosos e ufólogos que cruzam teorias entre ovnis e assuntos de base religiosa, têm ligado referências na Bíblia para o fenômeno “Cabelo-de-anjo”, ao Maná que significa seiva de tamarisco. O livro bíblico de Êxodo o descreve como um alimento produzido milagrosamente, sendo fornecido por Deus ao povo hebreu, liderado por Moisés, durante sua estada no deserto rumo à terra prometida. Diz-se que seu sabor lembrava bolachas de mel, ou bolo doce.  Ainda segundo a Bíblia, o maná era enviado diariamente e não podia ser armazenado para outro dia. Também não era fornecido aos sábados; por isto Deus enviava uma quantidade maior às sextas-feiras, e neste caso o maná podia ser guardado para o sábado sem se deteriorar.
por Gério Ganimedes / projetoquartzoazul
Veja também o vídeo que complementa a reportagem:
Fonte do vídeo:
Fonte do artigo: projetoquartzoazul
Anúncios

Publicado em 03/08/2011, em Ciência, Exopolítica e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: